Devaneios de uma Gestante

Devaneios de uma Gestante

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Dúvidas sobre a infertilidade...

Olá queridas, tudo bem????

Passeando pelo blogsfera um dos meus vícios  encontrei um blog super informativo, que recomendo demais é o http://blog.huntington.com.br/2013/07/ , tem uma postagem da Alê  super interessante que resolvi compartilhar aqui com vcs, lógico que peguei a idéia e fui além, então aproveite a postagem para incluir mais alguns exclarecimentos sobre o tema, segue:


Quando falamos de fertilidade as dúvidas são muitas e surgem muitas afirmações que nem sempre são corretas. Muitas coisas passam através de gerações como sendo uma verdade absoluta e nem sempre são. Neste post, tentei listar e explicar algumas das afirmações mais comuns quando se está tentando engravidar.

Mulher que toma muito tempo pílula anticoncepcional demora para engravidar?

O uso de anticoncepcionais por muito tempo não atrapalha a gravidez. O que pode acontecer é que com a interrupção do uso da pílula a mulher pode descobrir um outro problema que antes não era perceptível, como uma disfunção hormonal, por exemplo.

Parei de tomar pílula anticoncepcinal, vou engravidar de primeira?
Nem sempre. É bem comum a gente se encher de expectativas achando que logo na primeira tentativa já vai conseguir. Claro que pode acontecer, mas não é tão comum como se imagina.

Mulheres com ovários policísticos não podem engravidar?
Os ovários policísticos podem dificultar ou impedir à ovulação, mas certamente um tratamento adequado pode ajudá-la. Uma mulher com ovários policísticos pode engravidar, sim. Se este for o seu caso, procure o médico para uma avaliação.

Meu marido já tem filho(s), então ele não tem problema de fertilidade?
Isso é um grande engano, pois a fertilidade do homem é bem sensível e pode ser afetada por vários fatores, como alterações hormonais, hábitos de vida e infecções. Então é muito importante que o homem também se submeta a um espermograma para avaliação da fertilidade, mesmo já tendo filhos.

Cigarro, bebidas alcóolicas, drogas e maus hábitos de vida podem prejudicar a fertilidade?
Sim! Eles podem causar baixa de fertilidade, principalmente no homem, além de trazer riscos a uma gestação.

Relações sexuais nos dias da ovulação resultam sempre em gestação?
Infelizmente não é tão fácil. SEMPRE é uma palavra que não se enquadra muito nessas questões de saúde. Mesmo se o casal tiver relações sexuais todos os dias durante um mês, apenas 30% das mulheres irão engravidar.

Mulher com útero invertido tem mais dificuldade para engravidar?
O útero invertido não dificulta uma gravidez e nem impede sua evolução.

Se eu menstruo regularmente eu ovulo?
Não obrigatoriamente. Você pode menstruar regularmente e não ovular, por isso é importante confirmar a ovulação com exames hormonais.

Posso saber se engravidei pelo exame de ultrassom?
Depende do tempo de gestação. Geralmente após 5 semanas já é possível visualizar alguma coisa no ultrassom. Por isso, em caso de dúvidas, fale com o seu médico.

Se houve um aborto espontâneo ou uma gravidez anembrionária é possível conseguir engravidar normalmente de novo?
Claro, mas é sempre bom primeiro investigar o motivo do aborto ou problema gestacional com o médico antes de tentar de novo, evitando uma nova perda.

Uma amiga tomou um remédio e conseguiu engravidar, eu também vou conseguir?
Essa é a afirmação mais errada e perigosa de todas. Cada tratamento e medicação variam de acordo com o caso de cada paciente. Não é porque alguém usou e funcionou que também vai funcionar com você. Muito cuidado! Grande parte das medicações hormonais, como indutores de ovulação, podem trazer muito mais riscos a sua fertilidade do que resolver o problema. Se você acha que precisa de uma medicação, procure o médico, faça uma avaliação e verifique com ele se pode ser indicado para você.

A culpa da infertilidade dos casais é das mulheres?

Mito. A dificuldade de engravidar pode ser tanto no homem quanto na mulher, com 50% de probabilidade de problemas para cada um. Vale ressaltar que um diagnóstico negativo não significa a impossibilidade de se ter filho, mas a necessidade de buscar ajuda especializada.Enquanto temos útero podemos gerar.

A capacidade reprodutiva diminui com o passar do tempo?

Verdade. A partir dos 30 anos a capacidade reprodutiva das mulheres começa a diminuir. As estatísticas são: até 35 anos reduz de 15 a 20%; entre 35 e 39 anos a redução é de 25 a 50% e de 40 a 45 anos, a capacidade reprodutiva cai de 50 a 95%. Os homens também apresentam uma redução natural pelo envelhecimento, principalmente a partir dos 40 anos.

A alimentação interfere na capacidade reprodutiva?

Mito. Apesar de vários estudos serem desenvolvidos nessa área, nenhum chegou a confirmar a relação entre alimentação e a fertilidade.

Homens que passam muito tempo sentados, como taxistas e caminhoneiros, têm maiores possibilidades de ter problemas de fertilidade?

Verdade. A bolsa escrotal deve ter uma temperatura menor que a do corpo (varia de 36,5 a 37 graus), pois os testículos funcionam melhor em torno de 36 graus. O indivíduo que fica a maior parte do tempo sentado eleva a temperatura dos testículos, comprometendo, portanto, a produção de esperma. O mesmo acontece com os homens que praticam sauna com freqüência, banhos de imersão e que utilizam roupas íntimas muito apertadas. Os homens obesos também podem ter problemas de fertilidade: apresentam uma temperatura testicular maior, pois diminui a ventilação nessa região.

A obesidade interfere na fertilidade?

Verdade. Além de ser um fator de risco para diversos males, como doenças do coração, dores e outros problemas, a obesidade interfere também na fertilidade. As mulheres obesas estão mais suscetíveis a não ovular por alterações hormonais

Todas as mulheres que fazem tratamento para engravidar acabam tendo gêmeos?

Mito. Apesar de conhecermos histórias de mulheres que tiveram dois, três ou mais bebês quando recorreram a técnicas como fertilização in-vitro, a realidade é que nem sempre elas geram mais de uma criança. Na fertilização in-vitro são injetados mais embriões e, por isso, pode ocorrer casos de gêmeos ou mais. Todo esse procedimento é explicado aos pais.

A mulher só fica grávida quando mantém relações durante o período fértil. No restante do mês, não há possibilidade?

Verdade. A questão é saber quando é o período fértil, pois é variável, principalmente nas mulheres que apresentam ciclos irregulares. Para ter certeza sobre o período fértil, mesmo quando o ciclo é irregular, é necessário buscar orientação do médico.



Bom, minha dica é sempre procurar se informar. Converse com seu médico e tire suas dúvidas. Muitas vezes a gente perde tempo por não fazer isso.
Faço dessas palavras da Alê, as minhas, quem tem informação tem PODER minha gente!

Beijos Férteis!

Be

Um comentário:

  1. Já tinha lido essas dicas em algum lugar e acho louvável a sua atitude compartilhá-las com as leitoras de seu blog!!!! Tenho certeza que muitas delas terão algumas de suas dúvidas esclarecidas!!!! Bjos!!!!

    ResponderExcluir